Notícias

03/01/2011

Ano positivo para o Hipismo Brasileiro.



Seguindo o momento favorável para o esporte no País, 2010 foi também um ano positivo para o hipismo brasileiro.

Em função dos resultados alcançados pelos cavaleiros brasileiros nos Jogos Equestres Mundiais, a Confederação Brasileira de Hipismo – CBH recebeu aumento no percentual de seu orçamento oriundo da Lei Piva para o ano de 2011.
O número de eventos do calendário hípico, tanto nacional quanto estadual, teve um aumento significativo.
Este ano foram promovidos vários concursos em capitais, como tradicionalmente acontece, mas foi também ampliado o número de competições de alto nível em cidades do interior, com a participação de atletas de ponta do cenário nacional.
Além de novos locais de excelente nível, os organizadores de concursos procuraram também melhorar as condições técnicas dos eventos bem como as premiações.
Sobre a participação do País na Federação Equestre Internacional – FEI, a apartir de 2011 o representante do Grupo 6 será o brasileiro Maurício Manfredi. O Brasil apoiou a eleição do argentino Pablo Mayorca para a Vice Presidência da instituição e termina o ano como país candidato a realizar a Assembléia Geral em 2011.
No que se refere à criação nacional de cavalos, o presidente da ABCCH, Antonio Fortino, ressalta que a criação vem crescendo na ordem de quase 20% ao ano e que os criadores brasileiros cada vez mais introduzem o que há de mais moderno da genética mundial, aliado as técnicas de criação já dominadas, com isso estão surgindo a cada dia animais com altíssima qualidade e habilidade natural para o salto.
Na sua avaliação o que precisa ser melhorado é a formação de cavalos novos para as competições. Muito embora não caiba a ABCCH o fomento do esporte, sentimos que o cavalo BH era penalizado pelo seu desempenho e muitas das vezes estava muito mais ligado ao seu treinamento do que com sua capacidade natural de saltar, por isso a três anos iniciamos um modelo de provas voltadas para cavalos novos, conhecida como copa BH, no intuito de ajudar a construir a vida esportiva dos cavalos, comenta Fortino.
Para 2011 a ABCCH continuará a fomentar o treinamento voltado para cavalos novos, além de apoiar o Cavaleiro Francisco José Mesquita Musa que tentaré uma das vagas para os Jogos Panamericanos com o cavalo BH Xindoctro Método.


Outras Notícias

Rua Corumbá, 4000 - Candeias
Jabotão dos Guararapes - PE | 54430-200

chzs@chszs.com.br
+55(81) 3469-3290 | 8737-5009

+55(81) 98802-5000

ZAITE Tecnologia